Infinito é uma noção quase-numérica empregada em proposições matemáticas, filosóficas ou teológicas e que faz referência à falta de limite e falta de fronteira no tamanho, quantidade ou extensão.

> Estamos no www.musicainfinita.com.br
Gramophonedzie fala sobre a cena eletrônica, Brasil e “Why Don’t You”

Marko Milicevic é o nome do produtor que assina o projeto Gramophonedzie, sucesso no Brasil com a música "Why Don´t You". Em outubro ele fez duas apresentações no Brasil, uma delas extremamente contagiante e especial para o DJ, na festa de aniversário do Garage Club em Cuiabá, vale a pena assistir o vídeo. Outra no lançamento da Absolut Blanc, em São Paulo.

Gentilmente o produtor conversou com o Música Infinita sobre a cena eletrônica na Sérvia, seu país de origem, suas produções e muito mais! Acompanhe, leia e compartilhe.

@_musicainfinita: Qual é a sua relação com o Brasil?
@Gramphonedzie: Eu amo muito o Brasil. Toda vez que eu chego aí me sinto em casa. Realmente curto cada segundo que permaneço no Brasil.

@_musicainfinita: A faixa “Brazilian” é uma homenagem ao nosso país?
@Gramphonedzie:  De uma maneira é. Eu sou um grande fã da música brasileira. Quando eu ouvi Carolina Carol Bela, que foi amor à primeira vista. Então, quando ouvi a versão drum’n’bass DJ Marky, eu disse a mim mesmo: Eu tenho que fazer isso de alguma maneira em casa. Então “Brazilian” foi feita.

@_musicainfinita: Como foram suas apresentações no Brasil em outubro?
@Gramphonedzie: Foi a minha segunda visita ao Brasil e eu amei todas os lugares. Primeiro em São Paulo, em seguida, Campo Grande, que eu amo e tive um grande momento. Eu pensei: “Como essa noite está sendo especial, não poderia ser melhor do que isso”. Mas, em seguida, no clube Garage de Cuiabá é que eu tinha a sensação de que multidão e o clube se tornariam únicos. Essa é uma das melhores festas que toquei esse ano, talvez até mesmo a melhor. Momento muito mágico! Quero mais!

@_musicainfinita: Você é da Sérvia. Como é a cena eletrônica no seu país?
@Gramphonedzie: A cena de música eletrônica na Sérvia sempre foi boa. Temos grandes festas e nossa mentalidade é bastante semelhante ao brasileiro. Acho que isso é uma das razões que eu amo ter tocado no Brasil. Até alguns anos atrás não tínhamos muito produtores que saiam do nosso país, mas isso está mudando agora. Eu acho que a nossa cena está começando a florescer como estamos agora em condições de viajar, sem obstáculos e podemos descobrir e ser descobertos com mais facilidade. A Sérvia está se tornando um lugar de ebulição, mas agora de certa forma, cheia de talentos ainda não descobertos.

@_musicainfinita: “Why Don´t You” fez e faz muito sucesso aqui em Brasil. Como essa faixa foi produzida?
@Gramphonedzie: Esta faixa em particular foi influência da minha namorada. Como eu estava fazendo algumas músicas ela me pediu para fazer um presente para ela, para que possamos ouvi-lo nos clubes. A culpa é dela. O resto suponho que seja história…

@_musicainfinita: Quais são suas principais influências?
@Gramphonedzie: Eu tive influências de muitos e muitos músicos diferentes. Eu amo ouvir todos os tipos de música e acho que essa diversidade me trouxe a experiência com a música. Eu ouço realmente tudo, de metal duro a música clássica.

@_musicainfinita: Deixe uma mensagem para seus fãs no Brasil.
@Gramphonedzie: Eu sei que parece bobo, mas eu tenho que dizer: AMO MUITO TODOS VOCÊS! E espero vê-los em breve!

É Marko, nós também! ;)

    1. 1 notaTimestamp: segunda-feira 2011/12/05 14:35:00Absolut BlancCuiabáGarage ClubSérviaWhy Don't YouGramophonedzieGramophonedzie no Brasil
    1. musicainfinita publicou esta postagem